print e editorial

24/10/2011
Ver Projecto
Arte no Feminino

“Arte no Feminino e o Feminino na Arte” foi o nome da exposição co-organizada por Maria João Fernandes, e que esteve presente no antigo edifício dos CTT na Cidade de Castelo Branco. Integrada numa dinâmica de promoção e valorização da Arte Contemporânea na Cidade de Castelo Branco, esta exposição colectiva com artistas de várias idades e percursos pictóricos, propôs a todos os seus visitantes uma redescoberta do mundo do feminino, através de olhares tão díspares como o de Emília Nadal ou Ambrósio Ferreira.

Convidada a desenvolver toda a comunicação da exposição, a Playme aproveitou o conceito de pluralidade e multiplicidade existente na própria essência do evento. Por ser uma exposição colectiva, toda a comunicação assenta na ideia de uma unidade (a exposição) fragmentada através de diferentes perspectivas (os artistas). O conceito de multiplicidade fragmentada transporta-se inclusive para a tipografia principal da comunicação, desenvolvida exclusivamente pela Playme para este evento cultural. Para além da tipografia, a comunicação integra ainda na sua estratégia outros dois elementos: a cor, dominada pela paleta cromática rosa muito identificativa do feminino, e a grelha, o elemento que estrutura a disposição de todos elementos, as suas áreas de conteúdos e sobretudo que serve de esqueleto à construção tipográfica.

Serviços: Tipografia, Catálogo, Convites, Sinalética e Faixa

voltar